terça-feira, 1 de janeiro de 2019

Fé: O que precisamos entender sobre o medo

      

  Jesus mandou os discípulos entrarem no barco e irem. Eles já tinham a ordem dada por Jesus. E a Bíblia diz que "naquele momento o barco já estava no meio do lago porque o vento soprava contra ele" (Mateus 14.22-24).
Com a ordem de Jesus, eles (os discípulos) obedeceram e foram. Foram firmes, mesmo com o vento, chegando no meio do caminho. Mas então veio uma ventania que certamente sacudia o barco e isso provocou pavor (!) em quem estava ali, envolvido naquela situação. Repare que a Bíblia tem o cuidado de dizer que o barco já estava no meio do caminho.
A Bíblia continua dizendo que já de madrugada, ou seja, horas depois, Jesus foi socorrê-los. Eles gritavam de medo! Jesus dizia:"Coragem! Sou eu! Não tenham medo!" E ainda assim, duvidando, Pedro pediu uma prova para crêr.

Isso tudo se parece tanto com os dias de hoje. A gente também faz isso! Temos na Bíblia as ordens de Jesus, começamos a crêr, pegamos aquele impulso de fé e vamos remando com força, com ânimo! Aí o diabo vê que estamos determinados e perto de chegar no outro lado, no nosso alvo e ele começa a soprar. Aí vem todo aquele peso das coisas dando errado pra nós. A gente começa a achar que Jesus não está mais ali, que a presença dEle é um fantasma e deixamos o medo e o pavor tomar conta.
Mas Jesus não trabalha com a dúvida, Ele trabalha com a fé! Na hora que sentimos o medo de falhar, de cair, de dar errado, paramos de crêr naquela primeira palavra de Deus que nos motivou a buscar e Jesus passa a andar de lado do barco, fora dele. E é quando a dificuldade me remar, em continuar, fica difícil, que lembramos no desespero, de Jesus. Levamos um tempo até "cair a ficha" de que se a promessa é dEle, o direito é nosso, então temos que clamar.
Nunca duvide ou mesmo tendo começado a andar sobre as águas (os problemas, as dificuldades) você vai começar a afundar. O medo das ações do inimigo faz isso com a gente.

" Pedro saiu do barco e começou a andar em cima da água, em direção a Jesus. Porém, quando sentiu a força do vento, ficou com medo e começou a afundar. Então gritou:
- Socorro, Senhor!
Imediatamente Jesus estendeu a mão, segurou Pedro e disse:
- Como é pequena a sua fé! Porque você duvidou?
 Então os dois subiram no barco, e o vento se acalmou."
                                                                          MATEUS 14.29-32

Então agora sabemos que o medo afunda a fé. Por isso não devemos demorar nem por um segundo a clamar por Jesus, porque Ele vêm imediatamente para nos socorrer e com Jesus verdadeiramente no barco, o vento se acalma.


"Então eles o receberam com prazer no barco e logo chegaram ao lugar para onde estavam indo"
                                                                                JOÃO 6.21

O medo humano serve muitas vezes de freio para coisas que atentam contra a nossa vida. O excesso dele te paralisa, te deixa irracional, não te permite nem raciocinar, te faz perder o seu auto controle. Pavor é um medo irracional, sem controle algum. Mais do que atentar contra o nosso corpo, devemos nos preocupar com aquilo que pode destruir a nossa alma, esse sim é um medo que somos aconselhados a ter:



"Não tenham medo dos que matam o corpo, mas não podem matar a alma. Antes, tenham medo daquele que pode destruir tanto a alma como o corpo no inferno."
                                                                            MATEUS 10.28

Quando confiamos em deus e entregamos à Ele nossos medos, aquilo ou quem tememos não nos causa mais medo.

"Pois vocês não receberam um espírito que os escravize para novamente temerem, mas receberam o Espírito que os torna filhos por adoção, por meio do qual clamamos :" Aba, Pai."
                                                                             ROMANOS 8.15

"No amor não há medo; ao contrário, o perfeito amor expulsa o medo, porque o medo supõe castigo. Aquele que tem medo não está aperfeiçoado no amor."
                                                                              I  JOÃO 4.18 

Esse versículo acima é muito forte! O medo não faz parte daquilo que Deus nos dá como filhos que somos agora dEle. NEle não há espaço para o medo! Se estivermos com medo, não estamos confiando nEle. Isso é seríssimo!

"O justo jamais será abalado; para sempre se lembrarão dele. Não temerá más notícias; seu coração está firme, confiante no Senhor."
                                                                              SALMOS 112. 6-7

Aonde, em quem você tem colocado a sua confiança? "Ah, mas não é fácil não se abalar, não sentir insegurança e medo". Eu sei. A fé faz a sua confiança ser maior que o seu medo: "...seu coração está firme, confiante no Senhor."
Você já viu na Bíblia alguém que obedeceu e confiou em Deus ter ficado no vácuo?

"Deixo a paz a vocês; a minha paz dou a vocês. Não a dou como o mundo dá. Não se pertube o seu coração, nem tenham medo."
                                                                                 JOÃO 14.27

"Não fui eu que ordenei a você? Seja forte e corajoso! Não se apavore nem desanime, pois o Senhor, o seu Deus, estará com você por onde você andar."
                                                                                 JOSUÉ 1.9

Quando a gente entrega nossa vida à Deus, entregamos tudo que pertence à nossa natureza humana. Sentiremos medo, mas é importante não permitir que ele nos domine, nos tire a paz. Vamos usar o medo para nos aproximarmos de Deus, para aumentarmos nossa confiança nEle. Como? Aumentando a nossa fé! O medo anula a fé. É como se disséssemos: "Não consigo confiar que Deus vai cuidar disso."
O medo não pertence à quem confia em Deus. Talvez no inicio isso seja um trabalho diário, mas quanto mais procurarmos aumentar a nossa fé, mais teremos a certeza que tendo Deus como Pai, verdadeiramente, não há o que temer.

Para esse primeiro post de 2019 eu quis trazer um devocional para o blog. Vamos começar o ano dando prioridade as coisas de Deus. Bem vindo, 2019!

Com amor,
Layni 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi!Me conta oque achou do post e do blog!Seja educado e eu sei que não vou precisar moderar seu comentário ;)