quarta-feira, 10 de outubro de 2018

Fé:Não existe "mentirinha"


Eu convivo com pessoas mentirosas. Pessoas que mentem descaradamente e ainda dizem: "Você sabe que eu não gosto de mentiras". Que suas justificativas são que muitas vezes são "mentirinhas", coisa simples e que muitas vezes são necessárias ou inocentes.

Olha, fui uma criança mentirosa. Muito mentirosa mesmo. Hoje observo que sempre que mentimos é para beneficio próprio. Seja porque não queremos ficar mal com alguém, porque não queremos nos prejudicar, porque não queremos sair em desvantagem, porque sentimos vergonha da verdade, porque não temos coragem de falar a verdade, praticamente achamos que temos direito a mentira.

Quando me converti (com 14 anos) eu ainda menti por um tempo. Não me lembro em que situações, só que aquilo já era natural para mim. Não era mais com a mesma frequência de antes e muitas vezes eram coisas que envolviam outras pessoas. A mentira de outras pessoas (se você quer ser meu amigo hoje, não me peça para mentir por você). E para a mentira deixar de ser uma opção para mim eu precisei me policiar em TUDO o que eu falava. Não vou dizer que foi fácil ou rápido, mas com o tempo foi ficando automático. Algumas vezes eu cheguei a chorar porque eram situações muito sérias, que teriam consequências pesadas e eu me recusava a mentir. O que eu precisei entender é que mesmo que mesmo que aquilo me causasse vergonha, ou seja o que fosse, independente de me prejudicarem, era a verdade. A mentira não pertencia a minha nova natureza cristã. Porque eu sentiria vergonha em ser honesta?

Sobre se cristão e falar a verdade, duas coisas: Você não precisa virar uma metralhadora das "verdades nuas e cruas" sem ligar para os outro. Segundo: Você não deve satisfação da sua vida só porque não mente e os outros acham que podem se aproveitar disso para saberem detalhes pessoais da sua vida. Aprenda que nem tudo você precisa responder. É só dizer: "Eu não quero responder", trabalhe isso :)

Seguindo... Agora,se para você existe "mentirinha" ou mentiras mesmo, Cristo não vive em você, Ele ou o Seu Espírito não podem viver onde habita a mentira. NÃO PODEM. Simples.
Duas perguntas: O que é a mentira? É o ato de enganar, esconder a verdade, o oposto da verdade.
E quem é a verdade? Jesus.
"- Eu sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém pode chegar até o Pai a não ser por mim." João 14.6
Ele não é só uma verdade, ele é A verdade. O pecado é contra a carne, mas esse pecado é contra Jesus. Quando você mente você está pecando diretamente contra Jesus. A Verdade não habita onde existe a mentira, são opostos. Ponto.

Já observou que 99% das vezes que você mente você vai ter que mentir de novo? Muitas vezes para encobrir as mentiras anteriores. Segunda realidade: Você não foi liberto por Jesus, não completamente, não verdadeiramente:


"- E conhecereis a verdade, e a verdade os libertará." João 8.32
Bom, já sabemos que Jesus é A verdade, então se você ainda mente, não O conheceu. Não conheceu Ele em sua verdade. Você ainda não está liberto se mente.

Eu sei que somos humanos, que a nossa natureza humana hoje é falha.Mas não devemos nos apegar a isso. Quando cremos em Deus, somos refeitos:
"- Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas passaram; eis que tudo se fez novo." 2 Coríntios 5.17
Através da santificação, Deus desenvolve a nossa nova natureza em um processo contínuo. A mentira não faz parte dela:
"- Não mintam uns aos outros, visto que vocês já se despiram do velho homem com suas práticas e se revestiram do novo, o qual está sendo renovado em conhecimento, à imagem do seu Criador." Colossenses 3:9-10
Se eu disser que nunca mais menti eu estarei mentindo, lembro de uma mentira consciente. Começou inconsciente mas me liguei depois que era mentira. A mentira é algo mais amplo do que a gente normalmente se dá conta. Se me permitem, eu vou me estender e explanar um pouco mais.
Sabe quando a gente está muito concentrado no celular, por exemplo, e alguém fala algo e no automático sem nem prestar atenção a gente responde: "Uhum,tá bem" ou "tá certo"!, etc...? Aí depois a pessoa volta naquele ponto e agora a gente prestando atenção nem se lembra ou a pessoa cobra aquilo, diz que você concordou, que estava consciente daquilo... pois bem, você mentiu. Percebem a amplitude disso?
Em Provérbios 12.17 lemos que:
"O que diz a verdade manisfesta a justiça, mas a falsa testemunha diz engano."
O ato de enganar, com eu disse lá no começo é uma das definições da palavra mentira. Então quando a gente engana alguém, tapeia, qualquer mínima coisa que disfarce a verdade, estamos sim, mentindo.
A mentira é algo tão sério que a Bíblia diz que mentirosos não entrarão na cidade santa. E a "mentirinha" que por alguns muitos é considerada pequena e necessária é aqui demonstrada que Deus considera grande, tal qual matar, adorar ídolos ou feitiçarias:

"- Mas fora da cidade estão os que cometem pecados nojentos, os feiticeiros, os imorais e os assassinos, os que adoram ídolos e os que gostam de mentir por palavras ou ações." Apocalipse 22.15

Em Provérbios a gente têm noção do quão forte é o ato da mentira para Deus. Lá diz:
"- Os lábios mentirosos são abomináveis ao Senhor, mas os que agem fielmente são o seu deleite." Provérbios 12.22
(estou respirando fundo com o quão forte isso é). Certo, fui procurar a definição de abominável no dicionário e têm escrito exatamente assim:



ABOMINÁVEL 1. Merece ser abominado; que é detestável; que provoca repulsa; execrável...

que não pode suportar; insuportável; comportamento abominável.

REPULSA 1. Força em virtude da qual corpos ou partículas se repelem mutuamente.



A mentira,quando a gente mente (não importa o tamanho, mentira é mentira e pronto) a gente causa repulsa em Deus! Automaticamente afastemos A verdade de nós. É como se O expulsássemos.

Sabe porque isso é tão profundo? A Bíblia responde. Nada aqui sou eu falando por mim, é tudo pautado na Bíblia:

"- Vós tendes por pai ao diabo e quereis satisfazer os desejos de vosso pai; ele foi homicida desde o princípio e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele; quando ele profere mentiras, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso e pai da mentira." João 8.44
Quando a gente profere (fala) mentiras a gente nega Deus como o nosso Pai! Ali diz que é desejo do diabo que a gente minta. Ele é o pai da mentira.


Tenhamos algo em mente: Quando a gente fala a verdade, ele opera em nosso favor. A Verdade opera em nosso favor. Mesmo quando a mentira "parecer necessária" não importam quais os fatores, não importa se parece que estamos protegendo o outro, a mentira nunca é a saída, ela é a chave que te tranca.

Eu honestamente não tenho mais nada a acrescentar. Ia falar sobre o quanto é horrível a gente perder a confiança em alguém, mas sinto que toda a revelação de Deus para mim já foi dada, o que eu precisava saber e o que Ele tinha dEle para dar para você que está lendo, está tudo aqui. Só espero honestamente que alguém tenha conseguido ir até o final,rs

Ei, sou humana, mas jamais quero ficar como estou. Se aperfeiçoar em Cristo é uma escolha diária nossa e à partir da nossa disponibilidade,do nosso querer ("Eis que estou à porta e bato"-Apoc. 3.20 - Ele não força nada ;) Ele nos aperfeiçoa nEle diariamente em um trabalho contínuo pela sua Graça e Misericórdia. Esse é o seu desejo e é o que eu tenho desejado profundamente nas últimas semanas.

Espero de verdade que tenha sido útil esse estudo. Compartilha o link com quem você ache que precisa ler em amor. Até o próximo post!



Com amor,

Layni.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi!Me conta oque achou do post e do blog!Seja educado e eu sei que não vou precisar moderar seu comentário ;)